sábado, 20 de agosto de 2016

Ansiedade

A Natureza, essa imensa inteligência cósmica, vem nos ensinar que é preciso ter paz para esperar! Tudo tem um tempo certo!



Vem o vento, levando as folhas mortas!
Nascem as novas folhas, com o fim do inverno!
Vêm as flores anunciando os frutos que irão lentamente desenvolver sua polpa, alimento saudável, e a semente, eternizando a especie!                        


Foto retirada da WEB




foto por Sidnéa Flores


foto por Sueli Nani

Observo esse movimento! Ah, se eu pudesse acelerá-lo... mas só posso esperar que se cumpra...ajeitar o solo, regar, cuidar!
Como a vida! Um eterno cuidar...amar ...  esperar!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Agrofloresta

Bruno Pardal! É, como o Professor Pardal, cheio de projetos!
Foi ele quem me propôs implantar aqui no meu pequeno sítio o Sistema Agroflorestal.
Indicou alguns vídeos sobre o tema que me deixaram completamente encantada! Abracei a ideia!

Sidflores e Bruno Pardal



No Brasil, este projeto foi colocado em prática, pela primeira vez pelo suíço Ernest Gotsch apaixonado pelo nosso país. Veja vídeo a seguir.
A realização deste projeto será uma parceria entre  Enactus EEL - USPProjeto Criança Feliz e O Despertar do Gigante.  
Será também criada a 1° Escola de Permacultura da região.






Sinto que estou no caminho certo! Este projeto irá realizar um grande sonho, transformar meu entorno, torná-lo mais belo, criar um ambiente  sustentável! Mostrar às pessoas que é possível, através de práticas simples, respeitando o ciclo da vida, tornar a vida no Planeta mais justa!
Por um bom tempo, minhas terras foram utilizadas para a criação de gado leiteiro, mas percebi que não havia mais como continuar com essa atividade que, de fato, nada tem a ver com meu perfil.
Na verdade, pensava plantar minha horta, meu jardim, recuperar a mata ciliar e as nascentes que se esgotaram com a compactação do solo pelo gado leiteiro.




O sonho foi mais além!
Com a Escola de Permacultura  que será também implantada, serão capacitados inúmeros agentes ambientais, adultos e crianças conscientes que construirão um mundo melhor!
A Agrofloresta, trará a recuperação do solo, alimentos, a volta da fauna ... vida!

Com a mão na massa!

O que é Sistema Agroflorestal?
O Sistema Agroflorestal (SAF)  proporciona uma forma sustentável e rentável de produção de alimentos orgânicos que une a agricultura à conservação ambiental, em equilíbrio e harmonia com a Natureza (Permacultura), reduzindo os impactos ambientais.
São técnicas desenvolvidas a partir da observação da Natureza que mostra o caminho para a prática de uma verdadeira alquimia.
Há uma combinação de diferentes espécies nas plantações, com o consórcio de culturas frutíferas, agrícolas, hortaliças e madeireiras no mesmo espaço, trazendo diversidade e ampliando  a fertilidade do solo.
Neste sistema o homem auxilia num maior desenvolvimento das áreas,  na fertilidade do solo sem adubos químicos, entendendo a necessidade de cada planta.

Agrofloresta -´Síitio dos Ipês - Cachoeira Paulista - Permacultor Thales Ferreira

Consiste na poda constante e o recobrimento do solo com a biomassa extraída dessa poda.
O homem assim exerce um trabalho semelhante ao do vento e da formiga saúva.
A sucessão ecológica natural é o fator que orienta esse modelo, é como funciona todo o sistema de vida, plantam-se espécies de rápido crescimento junto a espécies de ciclo de vida mais longo que vão produzindo mais biomassa para o plantio de outras espécies e dando continuidade ao processo, ao longo do tempo.




Entre os incontáveis benefícios do Sistema Agroflorestal, teremos, como eu sonhava, a recuperação de nascentes, de mata ciliar e a chegada de novas vidas, como pequenos animais, pássaros, abelhas e muitos outros seres!
Olhando minha terra hoje com outros olhos, consigo perceber que mesmo sem querer, fui construindo um jardim com flores, frutos, árvores nativas, hortaliças, ervas medicinais, ainda muito aquém do sistema agroflorestal, mas sinto que estou realizando a minha missão de vida! Consigo me harmonizar e perceber o papel que exerço nesta cadeia.

Tapete de flores da Sapucaia centenária!



A área reservada para a preservação já está delimitada, há um espaço para recuperação de mata ciliar e para a Agrofloresta! Já iniciamos os trabalhos! Muito trabalho, muita ansiedade, mas muita felicidade! Rumo ao paraíso!

Primeiras mudas

Ghaya, nossa pequena companheira

O velho Ipê amarelo será testemunha da transformação! 

Thiago, João Vitor, Ygor, Bruno! Jovens voluntários, em Quinta das Flores. Alegria, dedicação e amor ao Planeta!
Obrigada, meninos!


!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

E assim a vida vai passando ...


Ocupados em prover o bem estar das pessoas que estão conosco. nem percebemos que o tempo se esgota ... que a vida passa... deixamos os nossos sonhos,  os nossos anseios, à margem de nossas vidas, sem consciência de que cada oportunidade perdida para realizá-los, representa uma parte de nós mesmos que se dilui no Tempo e no Espaço!

Por medo do desconhecido que nem sabemos se irá realmente acontecer, deixamos de viver momentos preciosos!
Para viver esses momentos é necessário ter coragem! Estaremos sujeitos a chorar um pouco, ou muito talvez! Valera a pena arriscar?

E assim a vida vai passando


Esperamos o momento certo em que algo nos faça sentir que estamos vivos! Mas qual é o momento certo?
Ficamos na expectativa deste momento, mas não percebemos que depende de nós que aconteça!
De vez em quando vem uma onda de revolta contra a mesmice em que nos envolvemos!
Vontade de "chutar o balde", "virar a mesa ..."
Ensaiamos mudar, mas que nada!
Dia após dia ficamos mais presos,  atados a nossa vidinha pacata e segura!


E assim a vida vai passando ...




O sorriso franco e a felicidade que explode o coração e enche a alma de doçura, vão ficando para "um dia ...  talvez"....
A felicidade dos outros é mais importante ...
Foi o que a vida nos ensinou, nos reservou!
É assim que deve ser!
O sonho fica para depois ...


E assim a vida vai passando ...







segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Tartarugas Marinhas




Sempre tive um carinho muito especial  pela preservação das tartarugas marinhas. Acompanhei durante vários anos o trabalho do Projeto Tamar, em Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo.
 Estes belos animais exercem verdadeiro fascínio sobre mim!




Ubatuba  tem 82 maravilhosas praias, localizada aos pés da Serra do Mar, recoberta pelo trecho mais preservado da Mata Atlântica, tem como atividades principais o turismo e a pesca. Com seus 106 km de litoral é  área de alimentação de quatro das cinco espécies das tartarugas marinhas que existem no Brasil.
Há em Ubatuba, por sua considerável frota pesqueira, grande incidência de capturas incidentais de tartarugas marinhas. Estas capturas são monitoradas pelo Projeto Tamar, que atende ao chamado de pescadores, para recolher, marcar, tratar e soltá-las, além de ensinar a eles as técnicas para reanimar as tartarugas afogadas por estarem impedidas pelas redes de vir a tona respirar.




Pescadores,  comunidades e turistas são parceiros, neste trabalho de recuperação das tartarugas doentes, feridas e debilitadas encaminhando-as ao Centro de Reabilitação da base do Tamar.

As tartarugas marinhas são répteis vertebrados das famílias Cheloniidae e Dermochelyidae que habitam os oceanos em áreas tropicais e subtropicais.
Algumas espécies são carnívoras, alimentam-se de camarões, medusas, esponjas, peixes, ovos de peixes, animais mortos, águas- vivas. Outras são vegetarianas alimentam-se de algas marinhas.
Mas há alta incidência de morte entre esses répteis, por ingerirem lixo humano, principalmente sacos plásticos confundidos com seu alimento preferido, as águas-vivas.




São espécies solitárias, migratórias, orientam-se pelos polos magnéticos da Terra..
As fêmeas atingem a maturidade sexual aos 30 anos, fase em que retornam à praia em que nasceram.
 De preferência à noite, escavam enormes buracos na areia onde depositam centenas de ovos, cobrem os ninhos, camuflam o local para escondê-los de predadores e voltam para o mar. Os ovos eclodirão sob o efeito do Sol.
Segundo estatísticas somente um, entre 100 filhotes, consegue sobreviver até a idade adulta.




As praias de Ubatuba têm sido também área de postura nos últimos anos, seus ninhos são monitorados e protegidos pelo Tamar.


sábado, 12 de dezembro de 2015

Moringa, a Árvore Milagrosa



Planta nativa  da Ásia e da África, atinge até 12 m de altura, usada no tratamento 
de diversas doenças,  é um alimento com alto valor nutritivo, contém proteínas, vitaminas e sais minerais. A moringa é uma planta que todos nós, habitantes dos 
trópicos, deveríamos ter em nossos quintais.




Existem 14 espécies identificadas, as duas mais populares são a Moringa oleifera, nativa do Himalaia e a Moringa stenotepala, nativa do leste da África.
Segundo pesquisadores da Universidade de Addis Ababa, da Etiópia, a moringa possui uma elevada capacidade para combater diferentes doenças tropicais, tais como a leishmaniose e a malária.
Suas sementes foram disseminadas pelo mundo e chegaram ao Brasil .
Sua composição como alimento surpreende. Comparada a outros produtos, a moringa possui:
sete vezes mais vitamina C que a laranja,
quatro vezes mais vitamina A que a cenoura,
quatro vezes mais cálcio que o leite de vaca,
três vezes mais ferro que o espinafre e
três vezes mais potássio que a banana.
A composição de sua proteína apresenta aminoácidos essenciais que precisamos  e o corpo humano não  produz

A moringa é considerada como uma das plantas mais generosas do planeta.
Da semente da moringa oleífera, extrai-se um óleo semelhante em qualidade ao azeite de oliva, por florescer durante todo o ano é considerada uma planta melífera, própria para a criação de abelhas,, seu mel é excelente e alcança bons preços na Europa,
Como floresce e produz sementes de maneira intensiva, pesquisas recentes aconselham seu plantio para extração de biodiesel de suas sementes.
As sementes verdes podem ser cozidas como feijão e servidas em saladas.
Flores e folhas são comestíveis, para seres humanos e animais, usadas em chás, caldos, molhos, em sucos juntamente com legumes e frutas.
É indicada no tratamento para a perda de peso.
 A moringa pode ser utilizada em artesanatos, como árvore ornamental, e é excelente na produção de celulose.
Várias ONGs de desenvolvimento humano que combatem a pobreza e a fome pelo mundo,a chamam de “árvore milagrosa” ou “folha que salva vidas”.



Estou particularmente feliz porque fui presenteada com algumas sementes de moringa,  por um querido amigo e vou iniciar o plantio em meu pedacinho de terra.
Obs: As folhas da moringa não devem ser ingeridas sem acompanhamento médico por pessoas que tenham problemas de tireoide ou qualquer outro causado pelo excesso de iodo e também durante a gestação e lactação.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

As Cores da Felicidade


                     Plantar, cuidar, guardar, preservar o meio ambiente é dever de todos.


                     A felicidade de poder ver a beleza cultivada por nossas mãos, não tem preço!


                        Rosas, Hortencias, Camarões, festa de cores, um brinde à Natureza!


                                     Rosas de Santa Terezinha, simplicidade, encanto!


                 Um lugarzinho bonito e acolhedor onde o pássaro construiu o seu ninho! Caprichos da Mãe Terra!


             "Todos querem o perfume das flores, mas poucos sujam suas mãos de terra para cultivá-las."


                              gengibre azul ou cana-de-macaco com suas flores exóticas


    Meu auxiliar na "limpeza" do jardim, o lindo galo Carijó.



    A horta é indispensável, alimento saudável e delicioso, salsa, cebolinha, alface, rúcula, couve ...



                  abóbora, mandioca, tomate, limão ...


     manjericão, manjerona, hortelã, alecrim ...


        Palmeiras, mangueiras, pessegueiros, abacateiros


                                bromélias, orquídeas...


    Flamboyant e sapucaia, oferecendo sua sombra e beleza à casinha branca





                               Recanto de simplicidade, de paz e preservação.

         
         Com flores, pássaros, livros e a minha liberdade, sou feliz!







segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Flor da Lua

Suas belíssimas flores, pela manhã, parecem exaustas, preguiçosamente penduradas nos ramos.
Penso por que a natureza foi tão caprichosa?
Por que tanta beleza e tão efémera?
Mostra todo o seu encanto e perfume apenas por algumas horas da noite, quando a plateia adormece!
E então se entrega totalmente à Lua! Ela também assim é chamada: "Flor da Lua"!


Existem várias espécies noturnas conhecidas por Dama da Noite.
A espécie a que me refiro é a Epiphyllum Oxypetalum, nome de origem grega que significa "sobre as folhas", porque as flores surgem de ramos que parecem folhas.
Este vídeo mostra seu desabrochar:




Também é conhecida como cacto-orquídea, da família das cactáceas, é originária da América Central e do Brasil.
Suas flores delicadas começam a desabrochar ao fim da tarde, pelas 23 horas estão completamente abertas, é quando são polinizadas por insetos e às vezes por morcegos, atraídos por seu perfume.
Os insetos que a polinizam são de hábitos noturnos, provavelmente seja essa a razão de só abrirem à noite.
Após a polinização começam a fenecer.


É uma planta de fácil cultivo.
Pela sua raridade, eu pensava que fosse difícil fazer mudas, mas por um acaso, meu netinho jogando bola, quebrou um dos ramos da minha primeira planta.
Penalizada peguei o ramo, bastante grande por sinal, dividi em vários raminhos e coloquei numa jardineira.


Em pouco tempo consegui fazer diversas mudas. Algumas já estão florescendo e continuo fazendo mais.
A dama da noite só precisa de terra estercada, meia sombra (muito sol deixa seus ramos amarelados), água suficiente para mantê-la úmida, (muita água pode apodrecê-la) e nenhum outro cuidado especial.



Pode ser cultivada em vasos grandes ou diretamente no solo. Necessita de suporte devido ao peso de seus ramos e flores, pode atingir de 2 a 6 metros de altura.

"Alice: Quanto tempo dura o eterno?
Coelho: As vezes, apenas um segundo."
Lewis Carroll

"Infinitamente belo, insuportavelmente efêmero." 
Rubem Alves




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...